domingo, 25 de abril de 2010

“Abana o Badalo oh Zé! Oh Zé abana-o bem!”

Recentemente descobri um novo prazer. Deixar o caralho e os tomates andarem livres e soltos dentro das calças, sem cuecas a amarrarem a sua natureza!
É muito bom, posso garantir-vos. Ainda esta sexta, estava eu numa reunião cheia de gente importante (eles pelo menos acham que sim) e eu a ouvi-los sabendo-me sem cuecas. Gostei muito. Tanto que até entesei. Esse, de resto é o maior problema. Entesar, estando sem cuecas.
Com umas calças de fato, entesar sem usar cuecas é bastante evidente. Não há como disfarçar. Nessa altura, fiquei num misto de pânico e de tesão, com receio que tivesse de me levantar entretanto. Mas, desta vez correu tudo muito bem…
Outra variante muito boa desta prática, é andar sem cuecas com calças de ganga rotas. É do melhor, a sensação do ventinho fresco a subir pelas pernas a arrepiar-me o caralho mole e os tomates macios…
Enfim, os pequenos prazeres do quotidiano sexual de um homem…

2 comentários:

Imperator disse...

óh Zé

faz muito bem ao dito material andar solto e não oprimido

já passou tanto tempo desde o 25 de Abril de 1974, assim, fazes muito bem libertar o que ainda em ti está oprimido (e também faz bem à saúde deles)

Vontade de disse...

Oh Zé, satisfazes-te com tão pouco. :P