domingo, 18 de abril de 2010

Adoro moças ingénuas, caralho!

Há por aí tantas moças com ar de que não parte um prato, que têm sempre o coração estraçalhado dos inúmeros desgostos de amor que têm tido. Coitadinhas…
Caríssimas coitadinhas, eu sei que a vossa vida é difícil, que têm sido rejeitadas pelos homens sérios que há no mundo e que têm um sensor magnético incorporado na crica que apenas atrai cabrões pervertidos que vos chupam o grelo e vos mandam plantar batatas em seguida. Eu sei, eu sei…
Eu sei que esses homens vos têm colocado o amor-próprio ao nível da latrina de uma tasca suburbana e que sentem um vazio muito grande dentro de vocês, causado por todos os machos que vos têm abandonado. Eu sei, eu sei queridas…
Mas fiquem sabendo, que aqui o Zé tem muita peninha de vocês e que está sempre de braguilha aberta para vos consolar. Sentem um grande vazio na cona? O Zé preenche com o seu caralho! Sentem um grande vazio na peida? O Zé preenche com o seu caralho! Sentem um nó na garganta? O Zé desentope a cavidade oral com o seu caralho, através da fricção mecânica e de um jacto poderoso!
Por isso, caras moças [falsamente] ingénuas de coração destroçado, contem sempre com o Zé!

No fundo, no fundo, estas tipas armadas em sonsas gostam mesmo é de FODER, caralho! Se não, porque raio é que mulheres crescidas, em vez de carpirem as dores todas de uma vez, aprenderem com os erros e buscar o que supostamente procuram – um homem sério, respeitador e para a vida – continuam à procura de cabrões?
Elementar, meus caros fodilhões: porque estes lhes dão o álibi perfeito. Assim, podem sempre dizer que não têm sorte com os homens, que são usadas e abusadas e que quando estes estão satisfeitos, se põem a andar.
E assim, enquanto saltitam de desgosto em desgosto, sempre vão mamando um caralho diferente com regularidade. Eu, disponibilizo desde já o meu…

11 comentários:

Stargazer disse...

Zé e Zézinho,

Babys meus...folgo em ver que ressuscitaram dos Mortos, pulsantes de Vida!

O Mundo está, de novo e apenas agora, perfeito na sua plenitude.

Beijo aos dois,

:)

Lu! disse...

És terrivel Zé, terrivel =P

Zé das Cricas disse...

Stargazer,

We're back, baby!!

Beijos pulsantes!

Zé das Cricas disse...

Lu,

I've been a very bad boy. A very bad, bad, bad boy...

Beijos

Capitu disse...

Cruel!Amei!A blogosfera não era a mesma sem vc!

Zé das Cricas disse...

Capitu,

Quem disse que o mundo era cor-de-rosa?!

Beijos doces para você!

FiLx disse...

Zé,

É bom saber que posso contar contigo...

Beijos

soft_inblue disse...

É verdade...uma Mulher escolhe tanto e apanha sempre a mesma merda!

Bom serviço pÚblico aquele a que te predispões..(hehe que sacríficio).

Bem vindo às "lides" literárias;)

Zé das Cricas disse...

Querida Filx,

Pertences à classe? O Zé preenche...

Beijos

Zé das Cricas disse...

Soft,

O Zé está sempre ao serviço da nação!

Beijos!

FiLx disse...

Zé,

"Cabrões" excitam-me!
És cabrão Zé?
Vem-te em mim.

(Hoje, sinto-me nos antípodas daquela rapariga que há uns anos se apresentou à sociedade no baile de debutantes. Que Puta estou!)

Beijos