quinta-feira, 4 de março de 2010

Mudar de nome

Uma das minhas leitoras tesudas alertou-me para o facto do meu nome blogosférico poder ser assim, a atirar para o popularucho…
Como tal, estive a pensar em alterar o meu nome. Que tal, em vez de Zé das Cricas, passar a chamar-me D. José dos Orgãos Genitais Femininos?
Pomposo, não?

24 comentários:

Vontade de disse...

Pois realmente é muito mais pomposo.

El Señor de las Cricas? Também é bom.

Zé das Cricas disse...

Vontade,

Também é muito bom, sim senhora!

Stargazer disse...

Zé, Querido,

Eu não sugeri que mudasses o TEU nome, mas sim a definição que tens para te referires ao teu fiel companheiro que nunca te deixou mal. Parece-me que Zézinho denota algo que é pequenino e muito menos tem força para domar potrancas bravias. A não ser que o diminutivo seja a antítese, utilizada irónicamente por ti para não assustar as leitoras mais tímidas (mas não menos tesudas). Sabes, nem todos sabem ler nas entrelihas e estou certa que leitoras mais desatentas tomarão o diminutivo como alusão a algo que é pequenino.

Salva-Cricas ou Obra de Arte parece-me bem mais ajustado para o teu Zé(zinho). Odeio diminutivos.

E leitoras tesudas não fiquem zamgadas. Eu (ainda) não tive oportunidade de avaliar o dito. Falo baseada nas descrições aqui do nosso Zé. Com quem pela primeira vez abandonei um modus vivendii "I only believe in what I see"...


Bjs,

Stargazer disse...

Zé, querido,

Na sequência ainda da conversa dos diminutivos, aqui te deixo um exemplo de anti-tesão utilizando o texto vencedor da tua leitora que consideraste vencedora do concurso. (Já para não comentar novamente a anti-tesão dos erros ortográficos, que não são tema neste post).

"Beijaste-me, fizeste-me sentir o peso do teu corpo nu em cima do meu e penetraste-me lentamente. Assim que o teu zezinho chegou ao fundo de mim, iniciaste um movimento vigoroso que me fez delirar. Vim-me novamente antes de ti."

Explica-me lá anatómicamente, como é que um ZÉZINHO além de não encaixar aqui com o movimento vigoroso consegue chegar ao fundo da dita e muito menos pô-la a delirar? Das duas uma, ou a dita é pequenina, ou então não sei...

:-)

Venus in red disse...

Eu voto na Vontade de!


:)




Basium

Anónimo disse...

Eu voto na ideia da Vontade de... embora perceba o ponto de vista da Star.

Desde que continues a ser o nosso Zé... por mim tudo óptimo.

Beijo,
P.

Bianca disse...

StarZona, pensemos na leitora tesuda. Neste momento de certo já triste por se aventurar no concurso do "na Cama com Zé". Não fui concorrente do proposto desafio porque gosto das coisas às claras, como foder, sempre com Luz, nem o aprecio fazer na escuridão, por um acaso tenho de pensar numas maluquices na penumbra, mas aí nem sequer posso conhecer os participantes antes, nem os quero ver à claridade no após. Tipo "quarto escuro", nunca tal experiencia vivi, tenho mesmo de pensar em realizar essa aventura.
Vês Zé, sem grande texto para levar na corneta, já disse às claras o que me apetece realizar.
Beijo a todos estes leitores(as), quem sabe uma cama às escuras com todos seria realmente tesudo! Uma terapia de grupo, assim por dizer, (não esquecendo os anónimos frustrados, claro)

FiLx disse...

Zé,
Não mudes de nome.
"Zé das Cricas" contrasta com a tua elegância.
Pareces gajo de bom gosto...
Beijo quente (estou excitada, já parei de chorar!)

@tt disse...

Não devias mudar.
Primeiro porque tirarás toda a originalidade do blog, depois porque deixas uma marca de influência a quem te lê. Mas como somos o que fazemos, veremos o que acontecerá...



=))
[Por vezes os piores pacotes são aqueles que têm o melhor conteúdo...]

Stargazer disse...

@tt,

que fique aqui claro. Não disse ao Zé para mudar nada, apenas utilizei as palavras acabadas em "inha" da leitora tesuda vencedora do concurso do Zé para brincar com o Zézinho dele.

Este blog é já de si uma delícia para passar o tempo, nunca na vida me lembraria de sugerir que virasse sério! Tirava-lhe toda a piada.

Mas penso que um blog também vive dos comentários, ou sobretudo também deles a partir de certo ponto (e aqui parabéns à Bianca pela fantástica frase que tem no seu blog acerca disso), é que se nós não brincarmos entre nós nos comentários, a vida torna-se demasiado séria.

E claro que dou os parabéns à leitora tesuda pela coragem de escrever. Que os meus comentários que fiz ontem ao seu trabalho não sejam lidos com ironia, nem com malvadez, mas como crítica construtiva.

Anónimo disse...

Deves é gostar de levar com o mamaco no cú. És mentiroso, sonhador, gostas de putas e de rameiras, és um porco. Tu achas que com um site destes vais atrais quem? As mulheres interessantes?
És um burro e um paneleirote.

Bianca disse...

Anónimo porque não vai aprender a escrever primeiro? Hummm??? Que falta de tesão!
Pelo menos ofenda com classe;
Ora bem, não é cú mas Cu (isto”´”, só mesmo no seu)
Não é putas mas Putas (sim todas somos umas Senhoras Putas)
Não é atrais mas Atrair (Você é Atroz)
Não é paneleirote mas Paneleiro (O Zé é realmente um grande Paneleiro quando come lésbicas e bissexuais e das boas!)
(Desculpa Zé, já vou no terceiro ou quarto impulso, tu controla-me!)

ParaMais disse...

Desculpem mas... agora sou eu que não percebo uma coisa:

Nós (gajos) somos sempre acusados pelas mulheres de que temos sempre a mania de sermos "bem dotados", que temos todos a mania de que temos "coisas enormes", de vivermos angustiados com questões de tamanhos e mais isto e mais aquilo...
Então e agora que um homem tem a franqueza sexual de, sem medos nem inseguranças, se referir ao seu apêndice como "zézinho" é chamado à atenção?!?!?
tsk tsk tsk...
Não está certo.
Para todos os efeitos é uma injustiça.
(só queria que vissem, neste momento, o meu ar de consternado)

Também eu sempre me referi aqui ao meu pedúnculo, como "jaquinzinho".
(sei lá... é fofo, é user-friendly)
Será que também deveria chamar-lhe QUIMZÃO? Ou "Carapau"? (que é daí que vem o nickname do gajo)

A sério moças... desconfiem é dos gajos que dizem ter "tubarões" e "cachalotes" entre as pernas.

Seja como for... Dom José das Vulvas, Conde da Genitália Feminina e Conquistador de Lusas Vaginas também não ficava nada mal.
(Até imagino a heráldico que isso dava)

Delitos e Delícias disse...

A sugestão da vontade de... foi genial!
E esse diminutivo que o colega falou mais acima é brochante...

Zé das Cricas disse...

Querida Stargazer,

Os teus comentários serão sempre muito bem acolhidos. Os blogues vivem muito à custa deles e os teus são sempre enriquecedores.

Vou ponderar mais um pouco, em relação à nomenclatura.

A seu tempo serão informadas…

Beijos!

Zé das Cricas disse...

Venus,

Opinião recebida!

Beijos

Zé das Cricas disse...

Querida P.,

Gosto tanto de saber-te por cá...

Beijos

Zé das Cricas disse...

Bianca,

Sinto que tenho aqui um exército de fiéis escudeiras a protegerem-me de comentários maléficos e maus-olhados anti-tesão!

Assim, sendo, nem me vou dar ao trabalho de responder à criatura anónima das 15.17...

Bianca, não vou pedir-te que pares. Nunca!

Beijos

Zé das Cricas disse...

@tt,

Obrigado pelo teu comentário!

Beijos

Zé das Cricas disse...

ParaMais,

É por isso, que estou tentado em escarrapachar aqui no blogue uma foto do meu membro flácido a espreitar à janela. Assim, todos poderão avaliar se é um zezinho, um zé ou um zezão...

Gostei da mistura de dois nomes sugeridos por ti: Conde das Vulvas. Lindo!

Boas fodas!

Zé das Cricas disse...

Delitos,

Você me parece uma delícia!

Beijos

Zé das Cricas disse...

Filx,

Faltava a tua resposta!
Shame on me!

Não, não vou mudar de nome! Zé das Cricas, tem assim, um je ne sais quoi de excitante...

A única coisa que ando a pensar rever, está relacionada com a forma como me passarei a referir ao meu instrumento de prazer.

Beijos nessa cona tesuda!

Stargazer disse...

Bianca, Bella mia,

Tu és uma DELÍCIA! É uma maravilha ler-te. FINALMENTE tenho uma defensora da língua portuguesa! Não admire que pensem que somos...one and only!

By the way, já viste o simpático elogio que uma anónima mal fodida me fez no blog do Trolha? As Mulheres não aprendem que serem umas putas (com minúscula) umas para as outras só nos dificulta a vida.

Ai o que faz a falta de sexo de qualidade aliada à ciumeira...

Zé, Baby,

Aquela é que tu deverias por a baptizar-te o Zé(zinho)...depois de o ver, claro. Está mesmo a precisar...

Beijo aos dois, Bianca e Zé

Zé das Cricas disse...

Stargazer,

Tenho de pedir desculpa pelos nomes trocados.
Nunca achei que tu e a Bianca fossem a mesma pessoa. Na altura foi mesmo um lapso.
Mais uma vez as minhas desculpas.

Beijos para as duas deliciosas leitoras tesudas!