sexta-feira, 5 de março de 2010

Pensamentos profundos…

Não, não estou a falar de gargantas ou conas profundas. Refiro-me mesmo a pensamentos que se passam na cabeça. A de cima, claro! Caso dúvidas restassem.
Hoje dei por mim a pensar na vida. A verdade é que tendo trinta anos. Não sou velho, mas a verdade é que já não vou para novo...
Como tal, dei por mim a pensar se não deveria tentar encontrar uma mulher tesuda, para partilhar a cama e a vida! [que pensamento profundo, caralho!].
É muito bom conquistar, seduzir, foder carne tenra frequentemente, mas às vezes, não sei... Parece que já não chega…
Das duas uma: ou a idade me está a conferir maturidade ou me está a tirar a tesão.

17 comentários:

Delitos e Delícias disse...

Pressinto ares de um guerreiro querendo o sossego de um amor...

Vontade de disse...

Maturidade. Sem dúvida.

Zé das Cricas disse...

Delitos,

É isso! Hoje só queria o sossego de um amor e a excitação da sua cona...

Amanhã não sei...

Beijos

Zé das Cricas disse...

Vontade,

Será?
Talvez...

Beijos

Balada da minha Alma disse...

No fundo, queres o que todo o ser humano quer...uma boa foda, alguém tesudo do seu lado e alguém para amar. Mas parece-me que vais ter que optar...

Zé das Cricas disse...

Balada,

Porquê?

Não posso amar alguém tesudo que esteja ao meu lado e que me proporcione boas fodas?

Beijos

Balada da minha Alma disse...

Claro que podes! Mas, com o tempo, vais querer mais do que esse alguém. Amas-a, mas também gostas das fodas com outras tesudas. Resultado final: o amor acaba. Mas as fodas continuam à tua espera.
E começa tudo de novo...

Zé das Cricas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zé das Cricas disse...

Balada,

Temos uma descrente no amor, portanto.
Eu pensava que era, mas afinal não sou tanto...

Balada da minha Alma disse...

Não sou descrente :-) Acredito no amor, até porque já o senti. Afinal, o que seria de nós sem termos vivido um sentimento tão bom como o amor?
Mas também sei o quanto são boas umas belas fodas alheias, lolol

Zé das Cricas disse...

Balada,

Nisso tenho de concordar contigo!

Beijos

Balada da minha Alma disse...

Seja lá o que for que estejas a precisar...espero que o encontres ;-)

Felina disse...

O eterno dilema... preso por ter cão e preso por não ter...

Zé das Cricas disse...

Balada,

Assim espero...

Beijos

Zé das Cricas disse...

Felina,

Exactamente!

Volta sempre.

Beijos

ღPat.ღ disse...

rs...
Muito espontâneo teus posts, gosto disto!
Eu acredito que faz parte das fases da vida. É legal sentir e perceber nos outros esta transformação que muitas vezes, em nós, é mais demorada esta percepção... Estás com certeza, na minha opinião, querendo mais do que conquistar, se lambuzar e começar tudo de novo... Quer qualidade, conquistar de forma mais profunda, viver em intensidade com escalas mais altas e Amor...Posso estar errada, mas é isto que eu percebo! Sempre acabamos procurando por ele.

Um beijo.

Zé das Cricas disse...

Pat,

É isso que começo a achar.
Enquanto o amor não vem, vou continuando as conquistas.

Beijos